Sala de controle com painéis que representam o serviço de monitoramento de TI.
Entenda o monitoramento em camadas para terceirizar o serviço de monitoramento de TI da sua empresa!
2 de março de 2021

Benefícios da gestão remota de infraestrutura de TI feita pelos provedores de TI para sua empresa

Sala de controle para Gestão remota de infraestrutura de TI

Gestão remota de infraestrutura de TI

Depois de tantos meses de pandemia se tem uma coisa que aprendemos no âmbito corporativo é que o trabalho remoto funciona. Agora sim, temos certeza! Entretanto, este aprendizado não é novidade para provedores de TI. Sobretudo para aqueles que fornecem o serviço de gestão remota de infraestrutura de TI!

A evolução tecnológica, novas ferramentas e a capacitação de fornecedores vêm aumentando bastante a popularidade da prática da gestão remora de TI. Bem antes desse ano de pandemia.

Pequenas e grandes empresas estão cada vez mais optando pela terceirização dos serviços de TI, e o gerenciamento remoto da infraestrutura está se tornando cada vez mais comum. Mais do que nunca, mais empresas estão migrando para o modelo remoto. Além de simplificar a rotina operacional do seu time de TI, ainda reduz custo!

Neste post vou falar um pouco sobre os serviços remotos fornecidos pelos provedores de TI e relacionar os benefícios da gestão remota de infraestrutura de TI feita por eles.

O que é a gestão remota de infraestrutura de TI?

Também conhecida como RIM (Remote Infrastructure Management), a gestão remota de infraestrutura de TI é o processo de gerenciamento da infraestrutura de TI (toda ou parte dela) de um local remoto. Ou seja, é a administração de uma infraestrutura física que fica separada geograficamente da gestão dos serviços de TI.

Algum tempo atrás, empresas com filiais em diferentes localidades tinham dificuldade para gerir infraestruturas físicas espalhadas. Somando-se a isso funcionários remotos, tecnologia de nuvem e data centers externos, a complexidade só aumentou.

A RIM veio para centralizar a gestão de infraestrutura de TI e, assim, dar maior controle e facilidade de manutenção e reparo à área de TI.

Com o tempo (e a tecnologia), provedores de TI foram se especializando nesse tipo de serviço e boa parte das grandes organizações já terceiriza seus processos de RIM com eles. Seja porque não têm equipe interna para isso, seja porque não têm as ferramentas adequadas nem querem investir numa atividade que não é o “core business” do seu negócio.

Portanto, parece sábio deixar uma atividade tão importante quanto a gestão de infraestrutura de TI nas mãos experientes de especialistas, não é mesmo? Caso queira ler mais sobre o assunto, falo muito sobre isso aqui: terceirização de TI.

O que faz um provedor de gestão remota de infraestrutura de TI?

Nunca é demais lembrar que o principal objetivo de uma gestão de infraestrutura de TI é minimizar o tempo de inatividade das aplicações e manter a produtividade do negócio. Afinal, é a infraestrutura que forma a base para sustentação das aplicações de uma empresa, o que as mantém no ar!

Vale lembrar também que a infraestrutura de TI é o conjunto de todos os recursos tecnológicos (hardwares, softwares e rede) necessários para que sistemas e dispositivos tecnológicos da companhia funcionem. Por exemplo: data center, redes, internet, armazenamento, segurança, servidores, suporte, banco de dados, aplicativos, telefonia, etc, em instalações físicas ou virtuais, em serviços locais ou em nuvem.

A gestão remota da infraestrutura de TI faz o monitoramento e gerenciamento centralizados de todos esses componentes. E ainda tem a capacidade de executar ações preventivas ou corretivas para garantir a disponibilidade (suporte de TI).

Portanto, em geral, a gestão remota de infraestrutura de TI inclui:

  • Acompanhamento do ciclo de vida dos ativos tecnológicos;
  • Monitoramento remoto;
  • Gerenciamento de recursos dos dispositivos (armazenamento e processamento);
  • Gerenciamento de integridade do sistema operacional;
  • Gerenciamento de rede;
  • Serviços de virtualização;
  • Serviços de segurança;
  • Administração de banco de dados;
  • Backup e atualizações de manutenção;
  • Suporte do ambiente de TI, incluindo virtual e nuvem;
  • Gerenciamento de incidentes e problemas;
  • Comunicação com os provedores de nuvem.

Os provedores de gerenciamento de infraestrutura remota são empresas especialistas nestes tipos de serviços gerenciados. Além da “expertise”, eles possuem as ferramentas adequadas, que permitem soluções integradas e gestão de TI de ponta a ponta.

Benefícios da gestão remota de infraestrutura de TI terceirizada

O gerenciamento centralizado da infraestrutura de TI permite maior controle, coordenação e transparência da operação e facilita a manutenção. Ainda libera tempo da TI para que ela foque no negócio da empresa e torne-se um facilitador de inovação.

Os benefícios são grandes! Vou listar aqui 5 dos mais relevantes.

1. Monitoramento e Suporte qualificado contínuo (24/7)

A infraestrutura de TI está sujeita a falhas e mau funcionamento a qualquer momento, não escolhe hora nem local. Portanto, uma solução que fique disponível 24 horas por dia, 7 dias por semana, é a ideal.

Normalmente, os provedores de serviços de infraestrutura remota trabalham com uma equipe de especialistas multidisciplinar. Ela garante um monitoramento eficaz de seu ambiente de TI e suporte 24 horas por dia.

2. Atuação proativa e preventiva

Reagir rapidamente para resolver falhas é ótimo. Mas não permitir que essas falhas aconteçam e evitar problemas antes que apareçam, é melhor ainda!

Uma das grandes vantagens dos provedores de gestão remota de infraestrutura de TI é, exatamente, que eles atuam proativamente. Como são responsáveis pelo serviço, se previnem ao máximo quanto à indisponibilidade e garantem que o ambiente fique estável.

Portanto, esses provedores trabalham focados na prevenção de riscos, através de manutenção preventiva muito forte e eficiente.

3. Maior disponibilidade das aplicações

Os melhores provedores de serviços de infraestrutura remota oferecem a seus clientes experiência, mão de obra qualificada, ferramentas adequadas, equipamentos de alto padrão, tecnologias de última geração e processos bem desenhados.

Tudo isso faz com que a infraestrutura de TI apresente menos problemas, e consequentemente, maior disponibilidade, estabilidade e performance das aplicações que suportam o negócio da empresa.

4. Qualidade garantida através de SLAs bem definidos

Quando você contrata um provedor para gestão remota da infraestrutura de TI a qualidade dos serviços é medida através dos acordos de nível de serviço.

Fica estabelecido em contrato o padrão mínimo de qualidade que a empresa terceirizada deve garantir. Isso significa que a performance das ferramentas de TI estará sempre dentro de um nível esperado. E quando não estiver, você saberá qual será o prazo para solucionar e qual o resultado.

Mais previsibilidade e menos riscos para o negócio!

5. Redução de custo

A terceirização é uma das formas mais significativas de reduzir custos em TI.

A empresa conta com a experiência e “know-how” do provedor terceirizado, que aplica as soluções mais modernas e eficientes do mercado a favor do cliente. E, através da otimização de recursos e processos, a empresa ganha desempenho e aumenta produtividade. Otimizar é economizar!

Além disso, ao terceirizar, você transfere a “responsabilidade” de ter os profissionais especialistas de TI para o provedor. Manter uma equipe de TI qualificada e diversificada custa caro!

Para os provedores de TI esse custo é diluído, pois eles conseguem trabalhar num modelo de equipe compartilhada, onde uma base de clientes mais ampla usa os mesmos recursos.

Em resumo, a gestão remota de infraestrutura de TI terceirizada ajuda as empresas a reduzir riscos, melhorar os níveis de satisfação do usuário, garantir a sustentação do ambiente de TI e disponibilidade de seus serviços.

Além disso, a terceirização dessa gestão remota permite que a TI das empresas libertem-se das atividades rotineiras e concentrem-se no negócio principal da empresa. Ou seja, tudo que um gestor de TI busca: simplificar sua operação de TI!

Os comentários estão encerrados.